Arquivo da categoria: Lançamentos

Novo Citroën C4 agora em fotos do interior e vídeo

A Citroën resolveu escancarar com o novo C4 hatch, que deve chegar ao mercado europeu nos próximos meses. Depois de divulgar algumas fotos do seu exterior, agora a marca francesa libera um vídeo do carro e imagens de seu interior.

Confesso que quando vi as primeiras imagens do carro não achei muita graça. Agora assistindo o vídeo comecei a gostar do hatch francês.

Talvez porque em movimento o carro parece estar mais acertado. Pelo menos no conjunto dianteira e traseira.

Agora a boa surpresa foi o interior do novo C4. Que luxo, que modernidade. O primeiro ponto é que o cubo fixo da direção foi deixado de lado. O que é uma pena, apesar do novo conjunto ser bem interessante (e bem parecido com o Kia).

O painel de instrumentos mudou completamente. Agora traz mostradores circulares e com informações digitais. Assim como o console central que exibe uma grande tela de lcd.

Outro detalhe interessante é a manopla de câmbio que fica em uma posição bem discreta e é pequena. A parte boa é que ela quase não rouba espaço do porta-objeto entre os bancos dianteiros.

Por aqui, o novo C4 hatch não irá chegar antes de 2012. E muito possivelmente o C4 Pallas, que é feito na argentina ganha uma segunda geração primeiro. 

Anúncios

Confira fotos do novo Polo sedan que virá ao Brasil

Primeiro mostramos algumas imagens flagradas dentro de uma fábrica da Rússia do novo Polo sedan. Depois essas fotos correram o mundo e fizeram com que a VW se apressasse para mostrar a versão sedan do Polo europeu.

Tenho que confessar que não gostei da traseira. Esperava mais de um carro que tem a dianteira tão bonita. A impressão que ficou é que a dianteira é moderna e esportiva e a traseira foi pensada para a década de 90, ou então na traseira da Passat Variant.

Pouco, se pensarmos que o carro irá brigar, por exemplo, com a versão sedan do novo Fiesta. Que de apática não tem absolutamente nada.

De toda forma a boa notícia com relação ao Polo sedan é que grande a chance dele ser vendido aqui no Brasil em breve. Será mais uma opção a disposição do brasileiro.

O Polo sedan chegará para tomar o lugar do VW Bora, que, para quem não sabe ainda, é vendido por aqui. Além, é claro, do Polo sedan atual. A espectativa é que o modelo chegue no início de 2011, muito possivelmente trazido do México.

O Polo dessas fotos será feito na Rússia, mais precisamente na cidade de Kaluga e de lá ganhará os principais mercados da Ásia e Europa. Em alguns deles, utilizará a nomenclatura Polo Sedan, em outros, como na Índia, será chamado de Vento. No Brasil, o nome ainda está indefinido.

Em relação ao atual Polo sedan a distância entre-eixos aumentou, passou dos atuais 2,47 metros para 2,55 m. O resultado é mais espaço na cabine e um porte mais elegante.

O porta-malas também cresceu, acomodando agora 460 litros ante os 432l do atual. O absurdo, neste caso, é o carro ter perdido as molas por alças que tomam espaço do porta-malas.

O modelo conta com um bloco 1.6 16V de 105 cavalos, pelo enos na Europa. A transmissão pode ser manual de cinco marchas ou automática de 6 velocidades.

Na Rússia, primeiro mercado a recebê-lo, o novo Polo Sedan será vendido em 5 versões custando a partir de R$ 25 mil.

A chegada do Polo irá esquentar ainda mais uma nova categoria que vai se formando, a de sedans compactos de luxo. Nela já figuram o Honda City, Fiat Linea, Kia Cerato e o futuro Ford Fiesta Sedan.

Confira o primeiro comercial da VW Amarok

A Volkswagen investiu em um comercial bem interessante para lançar a sua primeira picape média, a Amarok. O tema é a Índia e os grande elefantes. A intensão é passar a sensação de robustez do carro. Vale a pena assistir. Ficou bem legal.

Chinês mais caro do Brasil, MG sai por R$ 94.789

Dissemos recentemente que o MG 550 iria chegar no Brasil por cerca de R$ 120 mil. Erramos feio, o carro será vendido por R$ 94.789. Ai sim, agora vou comprar este chinês. Você deve estar pensando.

Calma lá, sabemos que o preço do carro continua salgado. Ainda mais para uma marca que não tem a mínima tradição no país. Mas é bom que você saiba, a MG apesar de ser agora uma marca chinesa, seu espírito vem de um dos mais tradicionais berços dos automóveis. A Inglaterra.

É que a marca entrou em decadência e acabou vendida recentemente para uma companhia chinesa. Porém, como fez questão de me dizer uma atendente da marca neste final de semana, somente a mão de obra é chinesa. Puro preconceito, pensei eu.

Por este preço, o carro até que vem bem equipado. Nada comparado com  o compatriota Cherry Cielo (que vem completíssimo e tem preço de pelado), mas ainda assim o custo benefício é bom.

MG 550 virá de fábrica com teto solar, ar-condicionado de duas zonas, câmera de ré, 6 airbags, rodas aro 17, DVD e sistema de navegação, além de bancos revestidos em couro de camelo (isso mesmo) com ajustes elétricos.

Debaixo do capô o 550 leva um motor 1.8 turboalimentado que gera uma potência de 170 cavalos. Nada demais, mas o câmbio automático sequencial de 5 marchas deverá facilitar um pouco a vida do condutor.

Quem quer um BMW X1 depenado por R$ 114.900?

Ele chegou no Brasil cheio de ser o tal, motor V6 2.8 litros, recheado de equipamentos e até inaugurou um segmento segundo a BMW,  o SAV (esporte atividade veículo, numa tradução livre). Estou falando do X1, ou o mini SUV da BMW.

Agora a marca resolveu trazer ele de volta para a realidade. Tirou uma série de equipamentos e baixou o seu preço final em R$ 60.000, para R$ 114.900.

Como a marca alemã não faz milagre, quem pagou pela descontão foram os equipamentos. Batizada de sdrive18i a nova versão perdeu o teto solar elétrico, os faróis de xenon as borboletas de troca de marcha atrás do volante e é calro o motor. 

Que agora é um 2.0l quatro cilindros capaz de desenvolver 150 cavalos de potência e vai associado a uma transmissão automática Steptronic de seis velocidades. O conjunto faz o modelo alcançar 200 km/h e o leva de 0 a 100 km/ em 10,4 segundos. Desempenho de Vectra e cara da BMW.

Até que enfim um chinês bonito e barato. Ouça o que a gente diz: Você ainda vai ter um na garagem

Nós já tinhamos avisado que este dia iria chegar (não acredita, então relembre). Alguns mais descrentes discordaram e nos chamaram de loucos. Enfim, chegou o dia que você vai levar um chinês para dentro da sua casa. Ele se chamará Chery Cielo.

Perai, antes que sejamos xingados de novo, vou explicar. A Chery acaba de lançar o Cielo em versão sedã e hatch. Na verdade, o carro já está nas concessionárias há algumas semanas e, escutem bem, a procura foi tão grande que o ágio chegou aos R$ 5 mil.

Isso mesmo, tem gente pagando até R$ 5 mil a mais do que o preço de tabela para ter um chinês em casa. Mas o que ele tem de tão especial?

 

Bom podemos começar com alguns dados. Primeiro o preço, só R$ 41.900. O motor é um 1.6 16V capaz de render ótimos 119 cavalos a 6.150 rpm. . Movido a gasolina, ele tem torque máximo de 14,9 kgfm entre 4.300 rpm e 4.500 rpm.

Além disso, os Cielo contam com transmissão manual de cinco velocidades e itens de série como ar-condicionado, direção hidráulica, freios com ABS com EBD, airbag duplo, sensor de estacionamento traseiro, roda de liga leve de 16 polegadas e ainda um rádio/MP3/CD Player com entrada USB. Entendeu porque do ágio?

 

Se você ainda não entendeu saiba que por aqui o Cielo terá 3 anos de garantia. O Cielo três volumes tem comprimento de 4,28 m, largura de 1,79 m e altura de 1,46 m, com entre eixos de 2,55 m.

A versão hatch tem a mesma metragem de entre eixos e largura, mas apresenta comprimento de 4,28 m e altura de 1,46 m. Segundo a fabricante chinesa as duas versões aceleram de zero a 100 km/h em 14 segundos e chegam a velocidade máxima de 170 km/h.

Resta saber da confiabilidade do modelo. Será que ele vai se comportar como um origami? Um último ponto a favor deste chinês, suas linhas são bem bonitas e atuais.

Suzuki tira o estepe do Suzuki Grand Vitara 2010

Pelo jeito a Suzuki ainda vai penar para emplacar algum de seus modelos aqui no Brasil. Também quem mandou sair do país daquele jeito. Praticamente fugiu do país.

Bom, de toda forma ela está tentando se adaptar e agora mostrou o Grand Vitara 2010, que teve o seu visual modificado e com versões de três e cinco portas. Não reparou, o carro perdeu o estepe na porta traseira do veículo.

Agora a placa de identificação do veículo está mais para cima, no lugar onde o estepe ficava. O novo modelo terá também como itens de série um leitor de CD e MP3, bancos aquecidos e um sistema de acesso Keyless (sem chaves).

A versão do Grand Vitara comercializada no Brasil é a V6, com um motor 3.2 V6 a gasolina, com 233 cv de potência. Ainda não existe data confirmada para o início das vendas desse novo modelo.