GM acaba com a era Omega no Brasil

 15698

O sedã de luxo da GM desembarcou pela primeira vez no Brasil em julho de 1992. Na época, a revista Quatro Rodas estampou o carro na sua capa e o chamou de mais luxuoso carro brasileiro.

Foram anos de glória para o modelo, que não tinha concorrentes nacionais. Batia inclusive em muitos importados. Depois, o modelo foi substituido por feito na Austrália, mais avançado. Manteve o requinte e mais uma vez se tornou o carro preferido pelos políticos, inclusive o presidente da república.

Pois é, essa notícia vai para os saudositas. A GM acaba de decretar a morte do Omega no Brasil. O carro deixou de ser importado para o país.

2008_chevrolet_malibu_official_gallery_image

O modelo morre depois de dezessete anos de vida para dar lugar ao Malibu, que é fabricado nos Estados Unidos. A justificativa usada pela fabricante é a de que as mudanças ocorridas na Austrália no Omega inviabilizaram a venda no país.

Na verdade, a Holden, subsidiária da GM, acrescentou uma sistema injeção direta de combustível no Omega e sua adptação para o Brasil seria muito cara.

O Malibu deve chegar as lojas nos próximos meses. O preço ainda não foi definido.

 chevrolet-malibu-2008-1

Em setembro, a GM conseguiu vender apenas três unidades do Omega. Um fim melancólico para um carro que foi o símbolo de modernidade e luxo de uma época.

Anúncios

3 Respostas para “GM acaba com a era Omega no Brasil

  1. fim do mito o pai dos carros aqui no brasil

  2. Uma ”morte” acompanhada com uma tamanha falta de consideração da GM para os saudosistas e clientes do veículo…

  3. Pingback: GM Malibu estará entre nós em junho. Já o Omega « Carro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s